Cursos

> MAGISTÉRIO - TEORIA E EXERCÍCIOS - 2018

Investimento: R$ 499.00 Adicionar ao carrinho
Documentos / Contratos:
Detalhes do curso:

Como funciona o curso?
Antes de comprar a aula favor verificar na página principal do curso tríade online o item "Como Funciona".
Quaisquer duvida advinda deste poderá ser sanada através do e-mail triade.ead@gmail.com

Das gravações das vídeos-aulas?

O curso será realizado na modalidade à distancia (online), sendo as vídeo-aulas gravadas e disponibilizadas neste site, no prazo de até 72 horas da sua gravação, ficando disponível para os alunos matriculados em seu curso.
 

Duração do Curso?
As vídeo-aulas ficarão disponibilizadas até o dia  31 de maio de 2018.
Podendo começar assistir as vídeo-aulas a partir da matrícula e sua liberação.
O aluno poderá rever as vídeo-aulas até 03 (três) vezes, no horário que achar conveniente, bastando possuir um computador e acesso á internet banda larga. Em hipótese alguma será permitida a gravação das aulas.
Será disponibilizado material complementar, consistente nos slides exibidos nas aulas em conjunto com as vídeo-aulas.

 

Carga horária do curso?
O curso terá 27 encontros com duração aproximada de 2h30min cada encontro, totalizando, aproximadamente 67 horas/aulas, assim distribuídas podendo ser redistribuída de acordo com as necessidades de cada disciplina mais não alterando a carga horária total do curso:

DISCIPLINA

ENCONTROS

PROFESSORES

Língua Portuguesa

13 encontros

Roberta Hang

Conhecimentos Pedagógicos

7 encontros

Leonardo Malgeri

Legislação

7 encontros

Carlos Roberto Andrade

*História e Geografia de Petrópolis e do Brasil

6 encontros

Aloysio Bade

  • Bônus História e Geografia de Petrópolis e do Brasil - 6 encontros
  • Pode haver alteração no corpo docente por motivo de força maior mais sempre mantendo a mesma qualidade de no ensino do conteúdo.

Conteúdo Programático:

Português
Compreensão e estruturação de textos. Coesão e coerência textual. Semântica: sinônimos, antônimos, polissemia. Vocábulos homônimos e parônimos. Denotação e conotação. Sentido figurado. Sistema ortográfico em vigor: emprego das letras e acentuação gráfica. Formação de palavras: prefixos e sufixos. Flexão nominal de gênero e número. Flexão verbal: verbos regulares e irregulares. Vozes verbais. Emprego dos modos e tempos verbais. Emprego dos pronomes pessoais e das formas de tratamento. Emprego do pronome relativo. Emprego das  conjunções e das preposições. Sintaxe de colocação. Colocação pronominal. Concordância nominal e verbal. Regência nominal e verbal. Emprego do acento da crase. Nexos semânticos e sintáticos entre as orações, na construção do período. Emprego dos sinais de pontuação.
Sugestões Bibliográficas: ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS. Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa. 5 Ed. Rio de Janeiro: Global Editora. BECHARA, Evanildo. Gramática escolar da  língua portuguesa. Rio de Janeiro: Lucerna. CARNEIRO, Agostinho Dias. Redação em  construção; a escritura do  texto. São Paulo: Editora Moderna. CARNEIRO, Agostinho Dias.  Texto  em  construção;  interpretação  de  texto. São Paulo: Editora Moderna. CUNHA, Celso; CINTRA, Luís Lindley.  Nova  gramática  do  português  contemporâneo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. FIORIN. J. Luiz & SAVIOLI, F. Platão. 2 Lições de  texto:  leitura e  redação. São Paulo: Editora Ática. INSTITUTO ANTÔNIO Houaiss. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Editora Objetiva. GARCIA, Othon M. Comunicação em prosa  moderna. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas. RIBEIRO, Manoel P. Gramática aplicada da língua portuguesa: a construção dos sentidos. Rio de Janeiro: Metáfora.

 

CONHECIMENTOS PEDAGÓGICOS
Aspectos Filosóficos da Educação –  o pensamento pedagógico moderno: iluminista, positivista, socialista, escolanovista, fenomenológico -existencialista, antiautoritário, crítico. Tendências atuais:liberais e progressistas. O pensamento pedagógico brasileiro: correntes e tendências na prática escolar. Aspectos Sociológicos da Educação– as bases sociológicas da Educação, a Educação como processo social, as instituições sociais básicas, educação para o controle e para a transformação social, cultura e organização social, desigualdades sociais, a relação escola / família / comunidade. Educação e Sociedade no Brasil. Aspectos Psicológicos da Educação – a relação desenvolvimento / aprendizagem: diferentes abordagens, a relação pensamento / linguagem – a formação de conceitos, crescimento e desenvolvimento: o biológico, o psicológico e o social. O desenvolvimento cognitivo e afetivo. Aspectos do Cotidiano Escolar – a formação do professor; a avaliação como processo, a relação professor / aluno; a função social do ensino: os objetivos educacionais, os conteúdos de aprendizagem; as relações interativas em sala de aula: o papel dos professores e dos alunos; a organização social da classe; os direitos da criança e do adolescente; a sala de aula e sua pluralidade.
Sugestões Bibliográficas: CANDAU, Vera Maria (org.). Magistério: Construção Cotidiana. 6ª ed. Petrópolis: Vozes, 2008. DAVIS, Claudia; OLIVEIRA, Zilma. Psicologia da educação. São Paulo: Cortez, 1990.DEL-CAMPO, Eduardo Roberto; OLIVEIRA, Thales Cezar. Estatuto da Criança e do Adolescente: Provas e Concursos. São Paulo: Atlas, 2007. FONTANA, Roseli; CRUZ, Nazaré.  Psicologia e Trabalho Pedagógico. Atual, 1997. GADOTTTI, Moacir. História das Ideias Pedagógicas. São Paulo: Ática, 1999. GADOTTTI, Moacir. Pensamento Pedagógico Brasileiro. São Paulo: Ática, 2004. GOMES, Cândido Alberto. A Educação em Novas Perspectivas Sociológicas. São Paulo: EPU, 2005. HOFFMANN, Jussara. Avaliação: Mito e Desafio. Porto Alegre: Mediação, 2002. LEI FEDERAL nº 9394/1996 – Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.  LUCKESI, Cipriano. Filosofia da educação. São Paulo: Cortez, 2002. MEC-Parâmetros  Curriculares Nacionais p/o Ensino Fundamental e para o Ensino Médio. Brasília,1996/ 2000. PARECER CNE/CEB 04/98. Diretrizes Curriculares para o Ensino Fundamental.  PARECER CNE/CEB 15/98.  Diretrizes Curriculares para o Ensino Médio. PILETTI, Nelson. Sociologia da Educação. São Paulo: Ática, 2006. TOSCANO, Moema. Introdução à Sociologia Educacional. 13ª ed. Petrópolis: Vozes: 2008. ZABALA, Antoni. A  Prática Educativa – como ensinar. Porto Alegre:  Artmed, 1998.

 

LEGISLAÇÃO
LEGISLAÇÃO (POLÍTICAS DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA) PARA TODOS OS PROFESSORES - NÍVEL SUPERIOR Constituição Federal (Capítulo relativo aos direitos fundamentais e o capítulo da Educação). Plano Nacional de Educação. Plano Municipal de Educação. LDBEN nº 9394/96.  Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação Básica.  Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Diretrizes Curriculares para a Educação Especial. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação de Jovens e  Adultos. Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Parâmetros Curriculares do Ensino Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Médio. Legislação relativa ao Ensino Fundamental de 9 anos.
Sugestões bibliográficas: Legislação referente aos assuntos mencionados no programa

 

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DE PETRÓPOLIS
1- Antecedentes históricos: as sesmarias no período colonial; os caminhos serra acima: as fazendas : Córrego Seco, Itamarati, Padre Correia. A presença de D. Pedro I na região.
2- A fundação de Petrópolis, o major de engenheiros Júlio Frederico Koeler e a povoação planejada; a vontade de D. Pedro II ; a dedicação de Paulo Barbosa da Silva : o Decreto Imperial nº 155, de 16 de março de 1843.
3- Evolução do povoado: a colonização germânica; povoadores de outras etnias; os serviços, o artesanato, o comércio e a indústria; formação administrativa e judiciária. A passagem de povoado à cidade em 1857. A criação da Câmara Municipal.
4- Nos tempos imperiais; sede de verão do governo; evolução urbana e social; as estradas: ferroviária e de rodagem; a expansão industrial. D. Pedro II, a Princesa Isabel e outras personalidades em Petrópolis.
5- Tempos de República: o exílio da Família Imperial. Os governadores e a cidade. A capital fluminense em Petrópolis e a retomada, pelos presidentes, dos veraneios do Imperador. Getulio Vargas e Petrópolis: a fundação do Museu Imperial. Santos-Dumont e "A Encantada".
6- Evolução político-econômica: da Câmara Municipal à Prefeitura: Oswaldo Cruz, o primeiro prefeito. A indústria têxtil: ápice e decréscimo. O Hotel Quitandinha, o complexo hoteleiro, os palacetes, a vida nos bairros. A II Guerra Mundial e a presença dos pracinhas petropolitanos: honra e glória.
7- A Cultura, as Artes, o Esporte, o Pensamento: as agremiações culturais e esportivas, o cinema e o pioneirismo petropolitano; a imprensa, os monumentos; as personalidades em Petrópolis e seus feitos: o Barão do Rio Branco e o "Tratado de Petrópolis"; Raul de Leoni, o poeta; Peter Bryan Medawar, o petropolitano "Prêmio Nobel de Medicina", Antônio Cardoso Fontes, o cientista de Manguinhos.
8- O turismo: bens turísticos naturais e históricos: a Catedral de Petrópolis e a Capela Imperial e seu significado; a Mata Atlântica que resiste; o traçado arquitetônico e a expansão do urbanismo na Petrópolis de hoje. Os 5 distritos e a importância na economia e no turismo do Município.
9- Os bens arquitetônicos e sua utilização contemporânea: O Palácio Sérgio Fadel, o Palacete Mauá, o Forum, a Casa da Princesa Isabel, a casario da Avenida Koeler, o Teatro Municipal, os prédios escolares: Universidade Católica, Colégios Santa Isabel e Santa Catarina; o Paço Hermogênio Silva; o Batalhão D. Pedro II. O IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e sua missão de preservar e cuidar de todos os bens culturais.
10-Geografia de Petrópolis: Localização, altitude, clima, fauna, flora, população, principais acidentes geográficos: elevações, rios, avenidas e ruas no traçado da primeira cidade planejada do Brasil.
Sugestões bibliográficas: ALVES NETTO, Jeronymo Ferreira. Brasileiros Ilustres em Petrópolis. Petrópolis. Park.Graf Editora Ltda, 2004. ASSIS, José Ribeiro de. Petrópolis e seus Monumentos. Petrópolis. Gráfica da Universidade Católica de Petrópolis, 1980. AGUIAR, Mário Noronha. A Cooperação dos Portugueses em Petrópolis. Brasil, 1940. BADE, Aloysio & MENDES, Gustavo Duriez Teixeira. Conhecendo Petrópolis. Petrópolis. Edição dos Autores, 1987. CUSATIS, José de. Os Italianos em Petrópolis. Petrópolis. Edição da Câmara Municipal de Petrópolis, 1993. CENTENÁRIO DE PETRÓPOLIS. Trabalhos em Comissão. 7 volumes, Petrópolis. Prefeitura Municipal de Petrópolis, 1939. CARVALHO, Áurea Maria de Freitas. O Município de Petrópolis. Rio de Janeiro. Editora do Livro Técnico, 1991. GEOPOLÍTICA DOS MUNICÍPIOS. Petrópolis Cem Anos de Cidade: 1857-1957. Ano 2, nº 12, 1958. JUDICE, Ruth B. Palácio de Cristal. Petrópolis. Editora Crayon, 1998. _____. Igrejas Neogóticas. Petrópolis. Editora Crayon, 2000. LAMEGO, Alberto Ribeiro. Petrópolis e o Halo da Coroa. O Homem e a Serra. Rio de Janeiro, Conselho Nacional de Geografia, 1950. LACOMBE, Lourenço Luís. D. Pedro II em Petrópolis. Petrópolis. Editora do Museu de Armas Ferreira da Cunha, 1964. ____. Isabel, a Princesa Redendora. Petrópolis. Instituto Histórico de Petrópolis, 1989. LACOMBE, Lourenço Luís & COTRIM, Álvaro. Museu Imperial. Petrópolis. Ministério da Cultura, Museu Imperial, Ata Combustão Técnica, 1995. MONTEIRO, Ruy de Souza. A República em Petrópolis - Política e Eleições Municipais. Petrópolis. Editora Gráfica Serrana, 1997. REVISTA DO INSTITUTO HISTÓRICO DE PETRÓPOLIS. Petrópolis. Nºs. 1 a 6, de 1960 a 1989. SANTOS, Joaquim Eloy Duarte dos. Os Três Heleodoros. Petrópolis. Gráfica e Editora Revista Social, 1971. _____. O Retorno da Princesa - Direção e Organização com Paulo Jeronymo Gomes dos Santos. Petrópolis. Prefeitura e Câmara Municipal de Petrópolis, 1971. SANTOS, Renato Peixoto dos. Batalhão D. Pedro II - Orgulho do Exército Brasileiro. Petrópolis. Editora Gráfica Serrana, 1973. RABAÇO, Henrique José. História de Petrópolis. Petrópolis. Instituto Histórico de Petrópolis, 1985. RETRATO DE PETRÓPOLIS, nº 1, Ano 1, dezembro de 1974. Petrópolis. Editora Revista Social, 1974. TRIBUNA DE PETRÓPOLIS 100 ANOS - A História agora em Revista. Petrópolis, Editora Tribuna de Petrópolis, 2002. VASCONCELLOS, Francisco de. Petrópolis, sua Administração na República Velha. Petrópolis. Gráfica Nossa Senhora das Graças, 1º volume, 1978; 2º volume, 1981. _____. Petrópolis, do Embrião ao Aborto. Petrópolis. Edição do Autor, 1981. _____. Três Ensaios sobre Petrópolis. Petrópolis. Edição do Autor, 1984. _____. Julio Frederico Koeler - a Dura Conquista da Praça. Petrópolis. Edição do Autor, 1994. FONTES DE CONSULTA NA INTERNET - "Sites" da Universidade Católica de Petrópolis, Instituto Histórico de Petrópolis, Academia Petropolitana de Letras, Prefeitura Municipal de Petrópolis, Fundação de Cultura e Turismo de Petrópolis, Museu Imperial.

 

Política de cancelamento e/ou troca de cursos
Caso o curso tenha iniciado, mas não finalizadas as filmagens, em caso de desistência, será descontado o valor proporcional às aulas já disponibilizadas, assistidas ou não, bem como incidirá multa rescisória de 20% (vinte por cento) sobre o total pago.
Caso todas as aulas já estejam efetivamente disponíveis, não será possível o cancelamento.
A critério do aluno, o valor remanescente a ser devolvido poderá ser convertido em bônus para abatimento em futuros cursos oferecidos pelo Curso Tríade online.
Em hipótese alguma será possível a troca de um curso por outro online ou presencial, pois cada um possui programação com quantidade de aulas, professores e disciplinas específicas.

Voltar